União do Apostolado Católico

Menu



Orações

Pallotti
Pallotti

PRESENÇA DE JESUS
(S. Vicente Pallotti)

Jesus, nosso Salvador! Vós quisestes ser para nós
Não somente sacerdote e vitima, mas também
alimento de vida eterna para nossas almas.
Permanecestes, além disso, conosco, em nossos altares.
Esses são vosso trono de graça e de misericórdia.
Neles vós vos dais todo e sempre com amor infinito.
Dia e noite permaneceis ali sozinho e abandonado para nós, pobrezinhos, a fim de enriquecer-nos dos vossos tesouros infinitos, para libertar-nos das enfermidades espirituais, para comunicar-nos os vossos merecimentos e para reverti-nos das vossas perfeitíssimas virtudes (inddio l’amore, méd. 31).


COMUNHÃO ESPIRITUAL
(S. Vicente Pallotti)

Jesus, amor infinito, verdadeiro homem, alimento e bebida de nossa alma! Nós somos indignos de receber-vos, mas vos desejamos com a plenitude de amor de todos os anjos e santos, da sua Rainha, Maria Santíssima, e de vosso próprio coração.
Confiando em vossa infinita misericórdia, que não rejeita sequer os mais miseráveis, mas os buscas, queremos receber-vos em cada momento e para sempre. Fazemos a intenção de fazer tantas comunhões espirituais quantos atos de amor, de adoração e de todas as virtudes vós mereceis e para todos os fins que vos agradam.

JESUS EUCARISTIA
(S. Vicente Pallotti)

Jesus, nosso esposo e irmão na Eucaristia,
Jesus, nosso Mestre e Salvador na Eucaristia,
Jesus, nosso alimento e viático na Eucaristia,
Jesus, nosso médico e remédio na Eucaristia,
Jesus, nosso conselheiro e amigo na Eucaristia,
Jesus, nosso guia e companheiro na Eucaristia,
Jesus, nosso alimento e graça na Eucaristia,
Jesus, nosso mediador e paz na Eucaristia,
Jesus, nosso modelo e fim na Eucaristia,
Jesus, na Eucaristia,
Dom dos homens a Deus
E dom de Deus aos homens

ORAÇÃO DE SÃO VICENTE PALLOTTI PELAS VOCAÇÕES

Pai Eterno, pela vossa infinita misericórdia e pelos merecimentos infinitos de Jesus Cristo, vosso Filho, fazei que todos os homens vos conheçam e vos amem, pois quereis que todos se salvem. Pelos sacrossantos mistérios da redenção humana: Mandai, Senhor, operários para a vossa messe e tende piedade de vosso povo.
Eterno Verbo encarnado, redentor da humanidade, convertei os homens todos a vós. Pala salvação deles fostes obediente até a morte na cruz. Pelos merecimentos e intercessão de vossa Mãe Santíssima e de todos os Anjos e Santos: Mandai, Senhor, operários para a vossa messe e tende piedade de vosso povo.
Espírito Divino, pelos merecimentos infinitos da paixão e morte de Jesus, difundi em todos os corações, vossa ardentíssima caridade: assim haverá um só rebanho e um só pastor. Rainha dos apóstolos e vós todos os Anjos e Santos, rogai ao Senhor seara: Que mande operários para sua messe e tenha piedade de vosso povo. Para que todos possamos gozar com Ele, o Pai e o Espírito Santo, por todos os séculos. Amém.

Rezemos com São Vicente Pallotti:

“Meu Deus, misericórdia minha infinita, imensa, vós bateis sempre à porta do meu ingratíssimo coração para transformar-me em vós; bateis nas potencialidades da alma com o clarão de vossa luz divina, bateis em todos as sensações do corpo por meio de vossas criaturas racionais, sensíveis e inanimadas, bateis com as palavras dos livros sagrados, através da liturgia e imagens; eu, porém, sempre surdo a vossa voz e de coração duro, tenho sempre impedido a liberdade de agir do vosso amor infinito”. (OOCC X, p. 255-56).

Meu Deus, misericórdia minha infinita, amorosa, confesso de não ter aproveitado melhor das invenções do vosso amor infinito, que deseja fazer-me em tudo semelhante a si, mas creio que o amor infinito vos impulsionou, ó meu Jesus, a permanecer no tabernáculo entre nós, para continuar em nós a vossa vida santíssima e enriquecê-la de méritos. Meu Jesus, amor infinito, amor mal correspondido e por mim ultrajado, faça com que eu seja todo amor, em vós e por vós, agora e por toda a eternidade. (OO CC X, p. 257-58).

“Meu Deus, dai-me a vida de Jesus Cristo; destruí em mim a minha vida e fazei viver Jesus Cristo em mim; para que ele pense, fale, atue em mim, com todas as suas virtudes e com todas as suas obras”. Amém. (OO CC X, p. 260-61).